Minerais, essenciais para manter o equilíbrio do organismo


O interesse pelos minerais e oligoelementos é relativamente recente. Até há pouco tempo, a reposição de nutrientes tinha um pequeno papel no tratamento dos problemas de saúde.

Hoje, a Organização Mundial de Saúde (OMS) reconhece o papel de 18 minerais, como zinco, cálcio, ferro, magnésio, iodo, selénio e outros, como fundamentais para o bom funcionamento do organismo. Os minerais são nutrientes que estão presentes nas nossas células.
Devemos cada vez mais cuidar da nossa saúde de uma maneira preventiva, integrando nosso corpo, nossas emoções e nossas sensações. Entender como o organismo funciona e combater os maus hábitos é o primeiro passo para essa prevenção.

Nosso corpo dá sinais de tudo. Quando ingerimos alimentos que nos fazem bem, eles são digeridos rapidamente e ajudam na desintoxicação. Entretanto, quando ingerimos alimentos não muito saudáveis, eles demoram a ser digeridos, formam gazes, deixam a boca amarga, mau estar geral, desconforto, dores de cabeça.

A correria do dia a dia exige do nosso organismo uma quantidade maior de nutrientes para funcionar bem e, quando falta um elemento apenas, o corpo se desequilibra e deixa de funcionar correctamente.
As causas dessas deficiências podem ser várias, mas normalmente estão relacionadas com o consumo de alimentos pobres em nutrientes, como comida congelada, refrigerantes, sanduíches, enlatados etc.
Nesse contexto, a Terapia Ortomolecular assume um papel deveras importante. É possível fazer uma avaliação de como o organismo absorve esses minerais, lembrando que o consumo de remédios durante um longo período contribui para a carência desses nutrientes.

Os primeiros sintomas da falta de minerais podem aparecer na forma de fadiga crónica, predisposição para dores de cabeça, eventuais insónias, perturbações digestivas, irritabilidade, desenvolvimento constante de viroses e infecções, depressão ansiedade e até mesmo síndrome de pânico.

Os minerais são antioxidantes e funcionam como defesas naturais do nosso organismo contra os efeitos degenerativos dos radicais livres, os quais, causam todo o tipo de lesões/alterações celulares bem como o envelhecimento precoce.

Cálcio

Essencial para a vida humana, para a libertação de neurotransmissores no cérebro além de auxiliar o sistema nervoso. Mantém ossos e dentes fortes, ajuda a metabolizar o ferro e é necessário para o bom funcionamento do coração.

Fontes: brócolos, queijo tofu, salmão, gergelim.

Magnésio

Necessário para a actividade hormonal do organismo e para a contracção e o relaxamento dos músculos, incluindo o coração. Sua deficiência pode produzir hiperatividade nas crianças. Cãimbras são um sinal de sua carência.

Fontes: arroz integral, levedura de cerveja, chocolate amargo, cereais integrais.

Zinco

Necessário para a fertilidade no homem e para o armazenamento de insulina. Protege o sistema imunológico e combate infecções virais, como gripes e herpes.

Fontes: cogumelos, ostras, ovos, levedura de cerveja.

Cobre

Ajuda na absorção do ferro, necessário para a produção de energia, antioxidante e regulador do colesterol.

Fontes: abacate, leguminosas, cereais integrais.

Iodo

Ajuda na protecção contra os efeitos tóxicos dos materiais radioactivos, previne o bócio, estimula a produção de hormonas da glândula tiróide, queima gorduras em excesso e protege pele, cabelo e unhas.

Fontes: peixe, abacaxi, algas marinhas.

Potássio

Necessário para o funcionamento de nervos e músculos, bem como regulador da pressão arterial. A sudorese é uma das causas de perda de potássio, assim como a diarreia crónica.

Fontes: banana, mel, abacate.

Manganês

Necessário para o bom funcionamento do cérebro, actua nos problemas de memória, concentração e irritabilidade. É essencial no combate a problemas de pele. Esse mineral é antioxidante e necessário no tratamento da artrite.

Fontes: nozes, hortaliças, leguminosas.

Molibdénio

Necessário para a produção de ácido úrico, ajuda a prevenir a impotência sexual e previne a anemia, pois é necessário para o metabolismo do ferro.

Fontes: ovos, farelo, cereais integrais.

Selénio

Antioxidante. Protege o sistema imunológico e a tiróide, melhora o funcionamento do fígado, mantém pele e cabelo saudáveis.

Fontes: gérmen de trigo, atum, brócolos, castanha do Pará.

Vanádio

Ajuda a retardar a formação de colesterol, a reduzir os níveis de açúcar no sangue, a reduzir a pressão arterial e previne doenças cardíacas.

Fontes: rabanetes, lagosta, salsa.

Ferro

Necessário para a produção de hemoglobina e certas enzimas. Aumenta as defesas do organismo. É essencial para o fornecimento de oxigénio às células e deve ser consumido em maior quantidade pelas mulheres, uma vez que elas perdem o dobro de ferro que os homens. Sua carência predispõe à fadiga crónica.

Fontes: feijões, beterraba, lentilha, marisco

::: As informações contidas nestas páginas são resultado de pesquisas bibliográficas desenvolvidos pelo autor. Contudo, não deverão ser usadas como diagnóstico, pois cada caso terá a sua especificidade. Consulte sempre um profissional de saúde. ::: www.facebook.com/alquimiadoeu.eu  :  miguel.laundes@gmail.com  :  © Miguel Laúndes, 2021
Desenvolvido por Webnode
Crie o seu site grátis!