Microalbuminúria

A microalbuminúria é um indicador precoce de insuficiência renal. Mede pequenas quantidades de albumina que o corpo começa a eliminar na urina anos antes de uma lesão renal se tornar evidente. A albumina é uma proteína produzida no fígado. Está presente em grande quantidade no sangue, mas quase nenhuma é eliminada na urina quando a função renal está normal. Entretanto, quando há lesão ou doença renal, a albumina é eliminada na urina. Isso é observado com frequência em doenças crónicas, tais como: diabetes e hipertensão arterial, em que quantidades maiores de proteínas na urina reflectem graus maiores de insuficiência renal.

Como a molécula de albumina é pequena, logo, é uma das primeiras proteínas detectadas na urina quando há lesão renal. Pacientes com níveis detectáveis consistentes de albumina na urina (microalbuminúria) tem um risco maior de desenvolvimento de insuficiência renal progressiva e doença cardiovascular no futuro. Medidas da microalbuminúria podem ser feitas usando urina colhida durante 24 horas, em um período específico (por exemplo, 4 horas ou durante a noite) ou em um momento aleatório.

A creatinina, um produto final do metabolismo muscular, é excretada de modo uniforme na urina. Sua quantidade na urina é relativamente estável. Como a concentração (ou diluição) da urina varia durante o dia, essa característica da creatinina permite que sua medida seja usada como factor de correcção em amostras aleatórias de urina. Quando a creatinina é medida junto da microalbuminúria em uma amostra aleatória de urina, pode ser calculada a relação microalbuminúria/creatinina, que a American Diabetes Association considera ser o exame de escolha para triagem de microalbuminúria.


::: As informações contidas nestas páginas são resultado de pesquisas bibliográficas desenvolvidos pelo autor. Contudo, não deverão ser usadas como diagnóstico, pois cada caso terá a sua especificidade. Consulte sempre um profissional de saúde. ::: www.facebook.com/alquimiadoeu.eu  :  miguel.laundes@gmail.com  :  © Miguel Laúndes, 2021
Desenvolvido por Webnode
Crie o seu site grátis!