Estômago e o cancro

Para entender o câncer de estômago, é importante conhecer sua estrutura e suas funções.

imagem do Google
imagem do Google
O estômago está localizado na parte superior do abdómen e desempenha um papel central na digestão dos alimentos. Quando o alimento é engolido, desce pelo esófago e chega ao estômago. Os músculos do estômago misturam os alimentos e libertam o suco gástrico que ajuda na digestão dos mesmos. Em seguida o alimento passa ao intestino delgado para a digestão.


O estômago é formado por cinco partes:


Cárdia - A primeira parte do estômago (próxima do esófago).

Fundo - Parte superior do estômago, junto à cárdia.

Corpo - Parte principal do estômago, entre as partes superior e inferior.

Antro - Porção inferior (perto do intestino delgado), onde o alimento é misturado com o suco gástrico.

Piloro - Última parte do estômago, age como uma válvula para controlar o esvaziamento do conteúdo do estômago para o intestino duodeno.

imagem do Google
imagem do Google

As três primeiras partes do estômago (cárdia, fundo e corpo) são denominadas de estômago próximo. Algumas células destas regiões do estômago produzem ácido e pepsina (uma das enzimas digestivas), partes do suco gástrico, que ajudam na digestão dos alimentos. Também produzem a proteína denominada factor intrínseco, que o organismo precisa para absorver a vitamina B12.
As duas partes inferiores (antro e piloro) são denominadas de estômago distal. O estômago tem duas curvas, que formam sua parte superior e as bordas inferiores. São denominadas de curvatura menor e maior curvatura, respectivamente.


Outros órgãos próximos ao estômago incluem o cólon, fígado, baço, intestino delgado, e pâncreas.


A parede do estômago está formada pelas seguintes partes:


Mucosa - A camada mais interna, onde as enzimas digestivas e o ácido estomacal são produzidos. A maioria dos cancros do estômago iniciam-se nesta camada.

Submucosa - A camada de suporte.

Muscularis Própria - Uma espessa camada de músculo que mistura o conteúdo do estômago.

Serosa e Subserosa - Duas camadas exteriores, que revestem o estômago.


As camadas são importantes para determinar o estadio da doença e prognóstico do paciente. Quando o tumor se desenvolve a partir da mucosa para as camadas mais profundas, o estadio torna-se mais avançado e o prognóstico não é tão bom.

::: As informações contidas nestas páginas são resultado de pesquisas bibliográficas desenvolvidos pelo autor. Contudo, não deverão ser usadas como diagnóstico, pois cada caso terá a sua especificidade. Consulte sempre um profissional de saúde. ::: www.facebook.com/alquimiadoeu.eu  :  miguel.laundes@gmail.com  :  © Miguel Laúndes, 2021
Desenvolvido por Webnode
Crie o seu site grátis!