Depressão

Anti-depressivos não são tão eficazes em comparação com placebos. 'A magnitude do benefício da medicação em comparação com placebo, pode ser mínima ou inexistente, em média, nos pacientes com sintomas leves ou moderados. 'Concluiu uma análise de seis grandes estudos no Jornal da Associação Médica Americana (Journal of the American Medical Association). Mesmo nos casos de depressão grave, os medicamentos tendem a melhorar a depressão em cerca de 15% em comparação com placebos. Anti-depressivos inibidores selectivos da recaptação da serotonina (ISRS ou SSRI) mais comumente prescritos, agem, elevando os níveis de serotonina. O problema é que eles têm uma longa lista de efeitos colaterais, incluindo o aumento do risco de suicídio! Para além disso, são difíceis de serem descontinuados, devido aos efeitos terríveis de abstinência.

Um aminoácido, uma gordura essencial e uma mudança simples da dieta (alimentação) funcionam melhor, mas sem quaisquer efeitos colaterais ou problemas de abstinência.

A serotonina é feita a partir de um aminoácido que ocorre naturalmente chamado 5-hidroxitriptofano ou 5-HTP (ou ainda, 5-HTTP) de forma abreviada. Houve onze ensaios controlados com placebo, de 5-HTP que mostraram resultados, no mínimo, tão bons, se não melhores na depressão. Um estudo recente comparando o 5-HTP e um medicamento anti-depressivo (ISRS ou SSRI) mostrou resultados similares, mas menos efeitos colaterais para o 5-HTP. É preciso entre 100 mg e 300 mg por dia e o único efeito colateral relatado por um pequeno número de usuários é a náusea. Se isso ocorrer, apenas diminua a dose. Geralmente desaparece em poucos dias.

O próximo nutriente não cerebral é o ómega 3 (óleo de peixe). A revisão mais abrangente e meta análise de 19 ensaios clínicos em pacientes com depressão moderada e grave concluiu que "o uso de ómega-3 é eficaz", tanto em pacientes com um transtorno depressivo grave e depressão moderada'.

Quanto maior a quantidade de EPA, não o DHA, mais eficaz foi o tratamento. Estudos mais eficazes suplementavam 1.000 mg de EPA. A dose mais baixa foi de 300 mg de EPA / DHA combinados.

A dieta mais indicada para melhorar o humor é uma dieta mediterrânea de baixo índice glicémico, com abundância de peixes (gordos). Estabilizar o nível de glicose no sangue e melhorar o humor, a suplementação com o mineral crómio, pode ajudar a aliviar a depressão, especialmente naqueles que anseiam por carboidratos e se sentem sonolentos ou grogues em grande parte do tempo.

Fonte: www.patrickholford.com/advice/nutrients-that-work-better-than-drugs?utm_medium=email&utm_source=transactional&utm_campaign=PH+Nutrients+Better+1.a+09.06.2015

::: As informações contidas nestas páginas são resultado de pesquisas bibliográficas desenvolvidos pelo autor. Contudo, não deverão ser usadas como diagnóstico, pois cada caso terá a sua especificidade. Consulte sempre um profissional de saúde. ::: www.facebook.com/alquimiadoeu.eu  :  miguel.laundes@gmail.com  :  © Miguel Laúndes, 2021
Desenvolvido por Webnode
Crie o seu site grátis!