Couve Kale

A couve kale é um vegetal da família Brassica oleracea, a mesma dos brócolos, da couve-flor e da couve-de-bruxelas, por exemplo.

Bastante abundante em Portugal, é ainda desconhecida por muitos. Encontrada com mais frequência na cor verde escura, também existem variedades em tons azul ou roxo e os seus sabores podem variar dependendo da variedade e da forma como a couve é confeccionada.

Conheça as características nutricionais deste alimento, os benefícios que o seu consumo pode trazer à saúde, assim como de que forma a pode incluir na sua alimentação.

A couve kale é um alimento com elevada riqueza nutricional, sendo por isso benéfica para a saúde a vários níveis. Para além da apresentação, textura e sabor, esta couve também se distingue das restantes pelas suas características nutricionais.

Naturalmente rica em fibra, vitaminas, minerais e água como a maioria das couves, a couve kale conta ainda com mais nutrientes, que a tornam um alimento muito procurado. Com baixo valor energético, esta couve tem um considerável teor de proteína, assim como de minerais como o potássio, o ferro, o cálcio e o magnésio, de vitaminas A, C, E e K, e de antioxidantes.

Para além destas características, o interesse da couve kale não se fica por aqui, uma vez que a biodisponibilidade destes nutrientes é maior do que na maioria dos restantes vegetais de folha verde escura, ou seja, estes nutrientes têm uma boa capacidade de serem absorvidos pelo nosso organismo, aumentando assim a sua eficácia nas benéficas consequências para a nossa saúde.

BENEFÍCIOS DA COUVE KALE PARA A SAÚDE

Como se pode compreender pela riqueza nutricional da couve kale, o consumo deste alimento está associado a vários benefícios para a saúde, como por exemplo:

  • Prevenção de doenças cardiovasculares;

  • Auxílio na perda de peso, pelo seu baixo valor energético e excelente capacidade em saciar;

  • Preservação da saúde dos olhos;

  • Manutenção dos níveis de tensão arterial;

  • Prevenção de diabetes;

  • Recuperação muscular pós-treino, por favorecer a reposição dos electrólitos naturalmente perdidos durante a actividade física;

  • Substituição de alimentos lácteos em regime alimentar vegetariano, pelo seu teor em cálcio e a eficaz absorção deste micronutriente;

  • Contribuição para a saúde dos ossos;

  • Manutenção de um saudável funcionamento do trânsito intestinal;

  • Melhoria dos níveis de colesterol, pela redução dos níveis de colesterol LDL (o "mau" colesterol) e de triglicerídeos.

CONTRA-INDICAÇÕES DO CONSUMO DE COUVE KALE


Para pessoas saudáveis, não existem contra-indicações específicas associadas ao consumo da couve kale. Se incluirmos este alimento num estilo alimentar saudável e variado, o seu consumo será frequente, mas não exagerado e sim equilibrado, tal como deverá acontecer com os restantes alimentos. No entanto, se sente algum desconforto após a ingestão da couve kale, o ideal será reduzir o seu consumo, ou mesmo eliminar se achar necessário.

O mais importante será sempre o seu bem-estar e o respeito pelo natural funcionamento do seu organismo. Para além disso, se tem algum tipo de complicação de saúde, aconselhe-se junto do seu médico e nutricionista acerca dos cuidados alimentares específicos que deve ter.

COMO INCLUIR A COUVE KALE NA ALIMENTAÇÃO?

Mais um dos benefícios da couve kale é a versatilidade que este alimento pode ter na sua cozinha, podendo ser aproveitada desde o talo até às folhas, apesar desta região do alimento ser a que contém maior teor de nutrientes e, por isso, a mais utilizada.

Pode optar por consumir esta couve fresca, em saladas ou batidos, por exemplo, mas também cozinhada. Se optar por confeccioná-la, procure não a manter demasiado tempo submergida em água, mas apenas o necessário, nomeadamente se a cozer. O ideal será cozê-la a vapor no sentido de manter o máximo teor de nutrientes no alimento ao invés de os perder para a água.

Para além de cozida, a couve kale também pode ser cozinhada de muitas outras formas, como salteada, estufada ou assada juntamente com outros legumes, por exemplo. Apesar de ser um prato comum, a sopa é mais uma excelente forma de incluir a couve kale e os restantes legumes na sua alimentação. Se pesquisar, irá ainda encontrar outras receitas mais inovadoras que utilizem este ingrediente, como por exemplo as tão famosas chips de couve kale no forno.

Quando comprar este legume, procure sempre escolher produtos frescos, no sentido de tirar o máximo proveito nutricional e de sabor do alimento. Para isso, escolha aquelas couves que tenham folhas frisadas sem pontas amarelas ou castanhas, mas sim todas verdes.

Se optar por uma couve com folhas mais pequenas, irá encontrar um alimento com um sabor mais suave e uma textura mais macia. As folhas grandes estão associadas a um sabor mais intenso e uma textura mais dura e fibrosa, pelo que, de acordo com o seu gosto e o tipo de prato que irá confeccionar, pode escolher o produto no sentido de potenciar o seu aproveitamento.

::: As informações contidas nestas páginas são resultado de pesquisas bibliográficas desenvolvidos pelo autor. Contudo, não deverão ser usadas como diagnóstico, pois cada caso terá a sua especificidade. Consulte sempre um profissional de saúde. ::: www.facebook.com/alquimiadoeu.eu  :  miguel.laundes@gmail.com  :  © Miguel Laúndes, 2021
Desenvolvido por Webnode
Crie o seu site grátis!